CONSELHO DE AÇÃO SOCIAL


Transformações e desafios
Agir é preciso!

O mundo e o Brasil, de modo geral, e a Igreja, de modo particular, nos últimos anos vêm enfrentando desafios e questões sociais de toda ordem, principalmente diante de uma crescente pauperização, com indicadores verdadeiramente alarmantes, diante da famigerada “globalização”. Esta que revelou ao mundo a atual crise econômica, que exportou para os países subdesenvolvidos e em desenvolvimento a “novidade” das enormes e impagáveis dívidas externas, que, por um lado, contribuem para reduzir os déficits das “potências imperiais”, por outro, comprimem a expansão econômica dos países “pobres” e dificultam o crescimento de políticas sociais adequadas às necessidades dos setores populares. É óbvio que a pobreza cresceu e está crescendo em nosso país (mais de 50 milhões de brasileiros “vivem” praticamente na miséria total), bem como, que entre as necessidades sociais e os recursos destinados a atendê-las existe um enorme abismo, o qual tende a alargar-se progressivamente.

É no contexto destas dificuldades e flagelos (destruição do meio ambiente, explosão populacional, narcotráfico, proliferação de doenças, instabilidade dos mercados financeiros, aumento da pobreza, desemprego, violências, explorações e exclusões), dos desafios, das profundas e rápidas transformações que afetam, indistintamente, toda a sociedade brasileira, que se encontra o membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, sendo chamado e desafiado ao cumprimento integral da Grande Comissão de Jesus Cristo. Trata-se da necessidade urgente de uma tomada de consciência, de verdadeiramente querer ser “Sal e Luz” nestas terras convulsionadas pelas flagrantes injustiças sociais.

A despeito das dificuldades e ainda muito aquém das nossas potencialidades, a IPB tem experimentado um salutar despertamento em direção ao cumprimento de sua responsabilidade social. Já são mais de 500 entidades operantes e eficientes; mais de 1000 projetos nas áreas de: Combate à pobreza; Políticas Sociais — Direitos humanos e Ambientalismo; Gestão social — Planejamento; Capacitação; Assessoria; Recursos Humanos e “Fund-Raising“. Inúmeros programas nas áreas de Atenção à Educação e Saúde; Complementação de Renda; Geração de Empregos; Erradicação do trabalho Infantil, etc. Obras e Ações em todos os Estados do Brasil. Mais de 300 leitos hospitalares, com média de 4.400 atendimentos por mês; mais de 210 escolas ensinando com eficiência e qualidade; cerca de 115.000 alunos da pré-escola à pós-graduação; inúmeras classes de alfabetização de jovens e adultos; e, campanhas emergenciais, mutirões e clínicas de curta duração.

Contudo, diante da gravidade da crise e da urgência de enfrentar os seus efeitos e causas, o despertamento total da Igreja, em especial, os Concílios da Igreja, torna-se condição indispensável para o cumprimento integral da missão da Igreja. Se a Igreja Presbiteriana do Brasil perder a capacidade de indignar-se e de reagir diante dos problemas e das injustiças que afetam os setores vulnerabilizados, certamente, estará mais perto da esterilidade e da alienação do que do cumprimento integral de sua sublime missão.

Igreja Presbiteriana do Brasil, agir é preciso! É tempo de fazer com amor para fazer diferença.

Conselho de Ação Social

Titulares

  • Rev. Acácio Gonçalves - RJ
  • Rev. Mariano Alves - PE
  • Rev. Gilmar Cerqueira - BA
  • Presb. Clineu Aparecido Francisco - SP
  • Presb. Alcenair Nobre Costa - MS

Suplentes

  • Rev. Cilas Fiuza Gavioli - SP
  • Rev. Helmar Antônio Henrique - ES
  • Rev. Jaime Dornelas Chagas - MG
  • Presb. Rogério Vila Verde Moreno - GO
  • Presb. José Alves Gomes - RJ

Contato

Site : www.casipb.com.br
Telefone (87) 3762-0122
Dr. Celso Galvão, 600
Garanhuns / Heliopolis - PE - Brasil
CEP : 55296-120