Ronaldo Lidório - Notícias do Campo (abril 2017)


Queridos irmãos, é com alegria que partilhamos sobre a bondade do Senhor em algumas frentes missionárias com as quais estamos envolvidos. Nosso desejo é que se juntem a nós para darmos glória a Deus. O Projeto Amanajé tem tido grandes alegrias, com vários indígenas de diversas etnias vindo ao Senhor Jesus. Cácio e Elisângela tem desafiado a equipe à espiritualidade, evangelização e expansão. E temos visto a graça do Alto sobre todas as frentes indígenas. Entre os Mura e Sateré-Mawé a boa mão do Senhor também é perceptível e as igrejas que tem nascido nas aldeias de Correnteza (Mura), Monte Salém e Prainha (Sateré Mawé) tem crescido na Palavra e no temor de Cristo. Nessa última semana tivemos um encontro com alguns irmãos e irmãs dessas três igrejas para estudarmos a Palavra. Rossana, Simone e Marli estiveram dando um treinamento sobre “Evangelização infantil” e Alcedir, Iraque, Kamron e Alceris partilharam sobre “Família segundo a Palavra de Deus”. Foram dias de muita edificação, encorajamento e ânimo para todos. Em 2004 o Novo Testamento na língua Konkomba-Limonkpeln foi entregue à Igreja Konkomba em Gana, África. Desde então eles tem, por iniciativa própria, investido na vida de 4 irmãos para aprenderem o Inglês, cursar Teologia e serem treinados em Tradução bíblica com o objetivo de traduzir o Antigo Testamento. Em Dezembro de 2015 fomos surpreendidos por um convite para irmos a Gana, pois os 4 irmãos Konkombas estavam prontos para começar o trabalho. Desde então temos acompanhado a equipe que trabalha diária e incansavelmente na tradução da Palavra. Em 2016 traduziram os 5 primeiros livros do Antigo Testamento e seguem firmes nesse ano. Em 2016 desenvolvemos o método Urbanus (pesquisa urbana para plantio de igrejas) que foi traduzido para o Inglês. Estamos fazendo a revisão final, com a ajuda de Janeth, e em breve deve ser disponibilizado em Português e Inglês. Trata-se de uma ferramenta para pesquisa urbana em que os resultados são usados para o desenvolvimento de estratégias de evangelização e plantio de igrejas. Temos participado da pesquisa lançada pela AMTB sobre a força missionária brasileira. O alvo é quantificar e qualificar a força missionária transcultural brasileira, produzindo um relatório a ser apresentado no Congresso Brasileiro de Missões em outubro desse ano. Cremos que esse relatório irá cooperar com os rumos do treinamento e envio missionário em nosso país. Orem conosco pelo projeto Amanajé, as igrejas Mura e Sateré-Mawé, a tradução do Antigo Testamento para a língua Limonkpeln, os treinamentos sobre plantio de igrejas a serem dados no Brasil e exterior, pela apresentação do método Urbanus e a pesquisa sobre a força missionária brasileira. E por nós, por direção do Alto em cada passo e forças renovadas em Cristo.
Um forte abraço!
Ronaldo e Rossana Lidório
Para mais notícias, acesse
http://ronaldo.lidorio.com.br/wp/