NECESSIDADE DE MISERICÓRDIA


“Então Jó respondeu: “Se tão somente pudessem pesar a minha aflição e pôr na balança a minha desgraça!” Jó 6.1-2

Em meio ao julgamento de seus amigos que tentavam encontrar um motivo racional para o sofrimento, Jó espera simplesmente atenção, carinho e compaixão. Ele queria alguém que agisse com misericórdia, ou seja alguém que pudesse sentir em seu coração a mesma miséria que ele, Jó, sentia naquele momento. Porém, ele não consegue encontrar isso nas atitudes equivocadas e até mesmo inescrupulosas de seus amigos.

Assim como Jó, inúmeras pessoas, passando por tempos de adversidade e sofrimento, estão ao nosso redor clamando por socorro, compaixão e misericórdia, ansiosas por uma mão que as possa socorrer. Como temos, na realidade, olhado para essas pessoas? Será que efetivamente estamos dispostos a sentir no nosso coração essa dor? Estamos dispostos a nos compadecer e a chorar com esses que choram?

Que Deus traga uma sensibilidade genuína ao seu coração para que você consiga perceber quem ele quer abençoar e cuidar por intermédio da sua vida. Que você possa hoje se compadecer e sentir em seu coração a miséria dos outros e, como agente do Reino de Deus na história, agir como sal e luz para fazer a diferença na vida dessas pessoas e, por meio das suas atitudes de carinho e de misericórdia, fazê-las perceber que o Senhor se importa com elas.